Qual o caminho que os idols seguem até estrearem?


Quando pensamos sobre K-pop, normalmente imaginamos grupos com uma
quantidade de membros relativamente grandes, coreografias sincronizadas e visuais
exorbitantes. Mas, até os vermos debutados, há um longo, longo processo.
(Grupo seventeen)

O primeiro passo para quem sonha em ser idol são as audições. Elas acontecem tanto dentro quanto fora da coreia do sul, e a pessoa não precisa ser necessariamente coreano, mas é um fato que eles dão prioridade aos descendentes de origem asiática. Normalmente os idols entram nessa empresa ainda
muito novos, na faixa de 10-13 anos.

(Taemin, do grupo SHINee em sua primeira audição)
Os jovens passam por avaliações de canto e dança, e optam pelas 3 maiores empresas: SM Entertainment (dona de grupos como TVXQ, Girls’ Generation, Super Junior), YG Entertainment (AKMU, 2NE1, BIGBANG e JYP Entertainment (GOT7, TWICE, 2PM). 
Mas, por que é tão importante ter uma empresa?!
As empresas tem total controle sobre o grupo, os gerenciando e sendo responsáveis
pela divulgação, músicas e todo o treinamento que recebem. Além disso, quanto mais
reconhecimento a empresa tiver, mais fácil é do grupo ficar famoso.

Por falar em treinamento, uma vez que os jovens passam na audição, são
considerados trainees, um termo para aqueles que estão treinando para serem idols. A
empresa passa o treinamento necessário: coreano (para estrangeiros), inglês, dança,
canto, atuação, etiqueta e às vezes até os obrigam a passar por cirurgias plásticas.
Além disso, eles também são submetidos a exercícios físicos e dietas extremas, para
manterem a forma magra.
Não se tem um tempo certo de preparação, alguns treinam por 6 meses, outros por 6
anos. Ao ver o desempenho de seus trainees, as empresas montam um grupo de
acordo com as qualidades e personalidade deles.
Confira a primeira música do grupo sul-coreano Girls’ Generation.
https://www.youtube.com/watch?v=0k2Zzkw_-0I
Nesse tempo, a empresa investe muito, muito dinheiro. E assim vai se criando a
primeira dívida dos idols, que normalmente pagam assim que o grupo debuta e
começa a receber dinheiro. Por isso que muitos grupos que não fazem sucesso não
podem simplesmente desistir, como é o caso do grupo NU’EST e Stellar.
Mas, as coisas não acabam após debutarem.
Para empresas de grupo pequeno, é muito mais difícil. Eles precisam fazer sucesso a
qualquer custo, e muitos (como o Stellar), precisam se submeter a conceitos um tanto
extravagantes e que não gostam.



Os rookies (como são chamados os idols que acabaram de debutar) treinam por horas
seguidas, como o grupo INFINITE, que afirmou que quando estão perto de lançar uma
música (ou fazer um comeback), treinam por cerca de 15 horas. Também precisam
cuidar de sua aparência e imagem pública, que é algo extremamente importante, pois
a mídia sul-coreana é cruel.
O sucesso não vem fácil, e apenas poucos grupos conseguem ter uma boa
repercussão sendo de empresas desconhecidas, como é o caso do grupo BTS, que
vem conquistando uma legião de fãs tanto dentro quanto fora da Coreia do Sul.

No fim, nesse mercado disputado, sobrevive quem é mais forte. A nova geração do K-
Pop vem conquistando um espaço grande e representando bem essa febre que a
música sul-coreana está tendo, conquistando fãs por todo o mundo. Tanto eu quanto
os mais velhos por essas terras estamos orgulhosos e esperamos que um dia as
coisas fiquem melhor para esses idols.
Não se esqueça de acompanhar a coluna K-Magic por aqui, e fiquem ligados no blog
do Grupo Animendigos para não perderem nenhuma novidade! Nos vemos na próxima
semana.
Marcadores:

Postar um comentário

[facebook][blogger]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget